Lobo Brasil
.

Lobo Internacional: Español | English
.


INFORMAÇÕES
Notícias
Curiosidades
Entrevistas
Todas seções

REVISTAS
Lista completa
Gibi por gibi
Checklist brasileiro
Referências
Outros
Reviews
Melhores
Gibis com Slobo

ALÉM DOS GIBIS
Cinema
Cards
Jogos
Todas seções

IMAGENS
Geral
Pensamentos
Arte original
Todas seções

NO MUNDO
Brasil
Estados Unidos
Portugal
Todos países

DOWNLOADS

LINKS

FALE CONOSCO
.


Revistas - reviews
Lobo nº 6
(18/05/2003)

Depois de meses, meses e meses e espera, finalmente chegou a sexta edição do gibi nacional do Maioral. Saiu em meados de maio, mas trazendo “janeiro/fevereiro” no expediente. Ou seja, tecnicamente as próximas três edições já estão atrasadas. De qualquer forma, aos leitores só resta esperar mesmo que a Brainstore consiga manter, pelo menos, a revista mensal a partir de agora.

História:
Publicada originalmente em “Lobo” #10-11, de novembro e dezembro de 1994: Lobo pega um emprego de guarda-costas, para variar um pouquinho. Ele é contratado pelo reverendo Phonus Balonus, um pastor picareta que quer proteção contra as centenas de pessoas que desejam matá-lo. Na segunda metade da história, o Maioral resolve montar sua própria igreja, tendo como única finalidade religiosa adquirir dinheiro para o próprio Lobo. Ele só não contava com a presença de GoldStar, que resolve acabar com essa pouca-vergonha. O resto, só lendo para saber.

Ficha técnica:
Roteiro: Alan Grant
Desenho: Val Semeiks
Arte-final: John Dell

Pontos positivos / negativos:
A história faz uma sátira aos “pastores eletrônicos” que existem aos montes nos Estados Unidos, mas pode ser compreendida tranqüilamente pelos brasileiros, pois não há tanta diferença assim entre os que se aproveitam da religião para ganhar dinheiro lá e aqui. Esse gibi ainda tem a grande vantagem das duas partes da história serem publicadas na mesma revista no Brasil. A tradução continua boa, embora as imagens ainda tenham pequenos defeitos que só mesmo os mais chatos (como eu) notarão. Essa edição seria quase perfeita se não fosse o enorme atraso para o lançamento da revista.

Análise final (notas de 0 a 5):
Roteiro
Humor
Violência
   

Lobo Brasil, trazendo serviços indispensáveis à internet desde 29 de outubro de 1997.
Todos personagens citados são, em sua maioria,
© DC Comics, publicados sem autorização, mas com todo respeito ;)
As informações contidas nesse site podem ser usadas livremente, desde que se cite a fonte, preferentemente com link.

Lobo Brasil © 1997-2008, Lucio Luiz