Lobo Brasil
.

Lobo Internacional: Español | English
.


INFORMAÇÕES
Notícias
Curiosidades
Entrevistas
Todas seções

REVISTAS
Lista completa
Gibi por gibi
Referências
Todas seções

ALÉM DOS GIBIS
Cinema
Televisão
Literatura
Cards
Fanfic
Música
Jogos
Outros

IMAGENS
Geral
Pensamentos
Arte original
Todas seções

NO MUNDO
Brasil
Estados Unidos
Portugal
Todos países

DOWNLOADS

LINKS

FALE CONOSCO
.


Além dos gibis - cards

Abaixo, você vê os dois lados de cada card no qual Lobo já apareceu. Normalmente, na frente encontra-se um desenho relacionado ao tema do card e atrás, uma “ficha técnica”. Traduzimos os textos que estão em inglês, fizemos alguns comentários e colocamos os dois lados. Infelizmente, os cards “holográficos” (aqueles que, dependendo da incidência de luz, você vê uma imagem diferente) estão horrorosos, mas não teve jeito de escanear melhor.

PS: Pode ser que a relação esteja incompleta. Se você souber de alguma aparição do Lobo em outras coleções de cards, por favor, nos avise.

DC Cosmic Card #120 (1992)

Neste card temos a chance de ler algumas informações gerais sobre o Lobo (que você encontra na Ficha completa e no FAFQ). Fora isso, não tem nada interessante para se traduzir. Aliás, não vou traduzir nada desse card.

Desenho: Simon Bisley

Hologram #7 (1993)

Infelizmente, a imagem não está lá grandes coisas por ser um card holográfico. Mas dá para ter uma idéia. Também não tem nada interessante a se traduzir, pois o Super aí à direita só fala para que se colecione todos os 10 cards holográficos dessa série.

Desenho do holograma: Walt Simonson

DC Cosmic Teams #80 (1993)

Lá vai a tradução (livre) do texto: “Forte e hábil para ferrar com seus oponentes, o caçador de recompensas intergalático Lobo não gosta de mais nada além de causar destruição pela galáxia! Bem, pela mais pobre das definições ele é um herói - embora muita gente ache que ele, na verdade, é um capeta!”.

Desenho: Barry Kitson
Arte-final: Robin Smith

Bloodlines #3 (1993)

Essa é a coleção baseada na crossover Bloodlines (que não foi publicado no Brasil), no qual a DC Comics resolver utilizar as edições anuais de seus personagens para, contra um vilão superpoderoso, fazer surgir vários personagens novos (no final, 99% desses personagens foram deixados de lado). Ao Lobo, coube dividir a cena com Layla (que, fora eventuais aparições como coadjuvante no gibi do Maioral, também foi deixada de lado). Não tem nada para se traduzir . Além do mais, a imagem à direita é só um pedaço da que se completa com todos os cards (por sinal, eu não faço a menor idéia do que seja).

Desenho: Eddy Newell / Michael A. Barreiro

DC Cosmic Teams Hologram #13 (1993)

Outro card holográfico que ficou horrível escaneado. Aqui é uma coleção pequena com os personagens “cósmicos” da DC Comics (apenas uma desculpa para vender cards). Novamente, não há o que ser traduzido, pois o único texto faz propaganda sobre o “ultra-realismo dos hologramas da coleção”. Não sei onde viram ultra-realismo nisso...

Desenho do holograma: sem informações

DC MasterSeries #62 (1994)

Não há referência ao título desta coleção no card. De qualquer forma, o texto traz algumas informações básicas sobre o Maioral, como o significado de seu nome e uma descrição de seus poderes. Nada que precisa ser traduzido.

Desenho: Dave Devries

DS5 (1994)

Como dá para ver, esse card só traz desenhos.

Desenhos: Bill Sienkiewicz

Legends ’95 Chrome #45 (1995)

Esse é o 45º card desta coleção e diz o seguinte (tradução livre): “Último dos bastardos psicóticos, Lobo é o cara mais rude e violento da galáxia, e ainda planeja ser o mais malvado dos caçadores de recompensas. Se o Maioral resolver ir atrás de você, e hroa de preparar as coisas para morrer, porque não tem jeito de escapar”.

Desenho: Val Semeiks
Arte-final: John Dell

Skybox #36 (1995)

Não tenho o nome da coleção. Quanto ao texto, lá vai a tradução livre do mesmo: “Depravação é um meio de vida para Lobo. Esse assassino frio, que adora beber e se divertir, é o último sobrevivente de seu mundo natal... graças a seu próprio talento de assassino. Virtualmente indestrutível, nada além de uma total vaporização pode destruir Lobo. Um grande perigo... quanto mais perto dele, mais perto da morte”.

Desenho: Simon Bisley

DC vs. Marvel #23 (1995)

Um dos cards da coleção “DC vs. Marvel”, com o encontro de personagens das duas maiores editoras de quadrinhos dos EUA. O texto é escrito por Peter Parker (para quem não sabe, o Homem-Aranha) e a tradução livre é a seguinte: “Já me deparei com alguns caras violentos em minha carreira, mas esse parece ser o mais violento. Lobo é o “Maioral” pela sua reputação intergalática de caçador de recompensas. E eu fico feliz por nunca terem posto minha cabeça a prêmio”.

Desenho: Wojtkiewicz
Arte-final: Ensign

Marvel vs. DC #55 (1995)

Outro cards da coleção “DC vs. Marvel”. Na parte de trás, vem escrito um pouco sobre a estória e cita algumas lutas, inclusive a de Lobo contra Wolverine. E só.

Desenho: Marc Sasso

Marvel vs. DC #65 (1995)

Mais um dos cards desta coleção, dessa vez mostrando Lobo contra o arqui-inimigo do Homem-Aranha, Venom. O texto é de Clark Kent (o Super-Homem, para quem não sabe): “Nenhum dos meus encontros com o desagradável caçador de recompensas Lobo foi um prazer, e estou certo de que a recíproca é verdadeira. Talvez ele ache que alguém como a forma simbiótica de vida conhecida como Venom seja um pouco mais agradável”.

Desenho: Joe Quesada
Arte-final: Simon Erich

Hard Hitters #9 (1995)

Esse é um card sobre os principais “caçadores” da DC Comics. O texto traz o básico sobre o Maioral e eu não estou com vontade de traduzir, já que fala sobre ele ser o último de sua raça e sobre seus poderes.

Desenho: Carl Critchlow

Hard Hitters #18 (1995)

Outro card da coleção “Hard Hitters” (veja um pouco mais acima o anterior). O texto, numa tradução livre, diz o seguinte: “Você quer saber a verdade sobre como é o Maioral? Eu te falo como – pegue uma arma grande, outra arma grande, uma arma de reserva, algumas facas, algumas granadas, um gancho e uma corrente... podiscrê. Sua verdade está aí!”.

Desenho: Val Semeiks
Arte-final: John Dell

Firepower #10 (1996)

Esse é o banco de dados da Oráculo (a companheira do Batman que tem tudo quanto é informação em seus computadores). O texto diz: “Super-forte, super-insensível, Lobo é um dos seres mais violentos do universo conhecido. Possuidor de uma infalível capacidade de rastreio, ele pode facilmente identificar qualquer um. Imprevisível: usar somente como último recurso”.

Desenho: J. St. Pierre
Arte-final: J. Nyberg
.

Lobo Brasil, trazendo serviços indispensáveis à internet desde 29 de outubro de 1997.
Todos personagens citados são, em sua maioria,
© DC Comics, publicados sem autorização, mas com todo respeito ;)
As informações contidas nesse site podem ser usadas livremente, desde que se cite a fonte, preferentemente com link.

Lobo Brasil © 1997-2008, Lucio Luiz